Campanha Mulheres de Axé Contra a Violência

Mulheres de Axé Contra a Violência

Projeto Social

Arte e Cultura

Mulheres de Axé Contra a Violência

O Ilê Omolu Oxum desenvolve ações de enfrentamento à violência contra as mulheres desde 2006, estimulando as comunidades de terreiro a discutir esse assunto e promovendo a adesão das comunidades de terreiro à Campanha Mulheres de Axé Mobilizadas pelo Fim da Violência Doméstica e Familiar, criada em 2014.

O Ilê Omolu Oxum desenvolve ações de enfrentamento à violência contra as mulheres desde 2005 com seu envolvimento no projeto apoiado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres do Governo Federal, sob a coordenação da ONG Criola – Projeto Iyà Àgbá – Rede de Articulação de Mulheres Negras frete à Violência. Isso aconteceu da criação da Lei Maria da Penha, estabelecida em agosto de 2006. Já naquela época sabíamos que esse assunto era muito importante para as mulheres de axé. A Campanha Mulheres de Axé Mobilizadas pelo Fim da Violência Doméstica e Familiar, criada em 2014, dá sequência a esse debate junto às comunidades de terreiro disseminando informações sobre o que é violência doméstica e familiar, estimulando as comunidades de terreiro a discutir esse assunto e promovendo a adesão das comunidades de terreiro a essa iniciativa. O aprendizado do Ilê Omolu Oxun com a Campanha é que a violência contra as mulheres é assunto de grande interesse das mulheres de axé, da nossa juventude e de nossas lideranças. Desde a sua criação, a Campanha realizou oficinas de debates em 10 estados e reuniu, comprovadamente, mais de 900 pessoas nessas atividades presenciais. No âmbito da Campanha, o Ilê Omolu Oxum já editou três publicações relatando essa experiência – Mulheres Guerreiras contra a Violência (2013), Mulheres de Axé Mobilizadas pelo Fim da Violência Doméstica e Familiar (2015) e Òwò – Respeito (2016) – e realizou 3 Fóruns sobre enfrentamento à violência em sua sede, 2013, 2015, 2016.